Alexandre Morgado conta, em livro, a história da Marvel no Brasil


Como a maioria já sabe, nos dias 23 e 24 de setembro acontecerá o 2º Festival de Quadrinhos na cidade de Limeira. 
Serão dois dias com palestras, bate-papos, cultura e claro, muitos artistas renomados nesse universo maravilhoso da nona arte. E quando eu digo maravilhoso é por que vamos trazer para Limeira Alexandre Morgado – o maior colecionador da Marvel do Brasil!

Alexandre Morgado e uma pequena parte da sua coleção de HQs

E, para começar com o pé direito, entrevistamos o Alexandre pois ele conseguiu algo realmente inédito. Ele conseguiu reunir todas as edições da Marvel em sua coleção e dessa façanha nasceu o livro “Marvel Comics – A trajetória da casa das ideias no Brasil”. Alexandre estará marcando presença no FLIQ onde falará sobre seu livro e sobre uma das suas maiores paixões: a Marvel.

Além de colecionador e escritor, também participa como colunista do site Colecionadores de HQs. Então, antes que ele fique muito requisitado e sem tempo para um bate-papo, decidimos trazê-lo para o festival e conversar um pouco com ele sobre o mundo dos quadrinhos. Preparados? Confira agora:

1. Como começou sua paixão pela arte seqüencial? Quais são suas referências?
Comecei de criança por intermédio do meu pai, que comprava algumas revistas quando tinha 06 anos de idade. E, desde essa época, eu coleciono os quadrinhos da Marvel. Logo depois, vieram os da DC e por fim, todo o resto, como quadrinhos nacionais e europeus.

2. Faça uma breve descrição do seu currículo e um resumo do que você apresentará no FLIQ 2017.
Estarei no FLIQ divulgando o meu primeiro trabalho, que é a história da Marvel no Brasil com o livro “Marvel Comics: a trajetória da casa das ideias no Brasil”, contando a chegada da editora americana e passando por todas as editoras brasileiras.

3. Qual o seu personagem favorito das HQs?

Gosto muito do Capitão América. Pra mim, é um dos personagens mais humano dos quadrinhos.

4. Qual a importância de eventos como o FLIQ para a cultura dos quadrinhos no interior?
O evento é importantíssimo, pois ajuda a divulgar a nona arte, e assim, propagar os quadrinhos entre os fãs e entusiastas!

Até a próxima entrevista!
Laiz Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s